Google+
sexta-feira , 24 novembro 2017

Peixe com legumes no papelote

saúde no pratoAlimentação saudável pede peixe. São inúmeros os benefícios que ele oferece à pessoas de todas as idades e, por isso, seu consumo é recomendado por médicos e nutricionistas, ao menos uma vez por semana. Mas, cheiro de peixe frito ninguém merece! Então, separamos uma receita que além de fácil, esse método de cozimento ainda é rapidinho e light!

Preparo: 30 min
Pronto em: 1 h
Rendimento: 4 porções
Calorias por porção: 268

Ingredientes:

4 filés de pescada branca

Sal e pimenta-rosa a gosto

½ xícara (chá) de pimentão vermelho cortado em tiras

½ xícara (chá) de pimentão amarelo cortado em tiras

½ xícara (chá) de pimentão verde cortado em tiras

1 ½ xícara (chá) de ervilha torta cortada ao meio

1 xícara (chá) de tomate cereja

½ xícara (chá) de vinho branco seco

2 colheres (sopa) de azeite

Tomilho ou alecrim a gosto.

Preparo:

Tempere o peixe com o sal e a pimenta. Reserve. Faça quatro envelopes de papel manteiga e distribua os filés e os legumes entre eles. Regue o vinho e o azeite, junte o tempero, feche os pacotes e acomode-os numa assadeira. Leve ao forno, preaquecido, em temperatura média, por 20 a 30 minutos. Sirva no papelote.

Peixe é: Fonte abundante de proteínas – que são absorvidas com mais facilidade que a de outros tipos de carnes – os pescados têm importante papel no crescimento e manutenção do organismo. São essenciais, por exemplo, na digestão, na produção de anticorpos, na coagulação do sangue, controle da taxa de colesterol, entre outras funções. É também rico em nutrientes e sais minerais tais como ferro, iodo, magnésio, cálcio, sódio, fósforo etc, e em vitaminas A, E, D, B2, B3, B12 e ácido fólico, fundamentais para o bom funcionamento o corpo.

 

Confira também

A robótica e o aprendizado infantil

Robótica, a ciência encarregada de planejar robôs, está presente em vários âmbitos da nossa vida, …

DICAS PAIS E FILHOS: Como seu filho te vê?

Dra. Estela Giordani Como seu filho percebe que é amado por você e pelas pessoas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *