Google+
domingo , 10 dezembro 2017
super protecao dos filhos

Proteção ou superproteção? O que os pais precisam saber sobre mimar os seus filhos

Todos os pais buscam proteger e dar o melhor para o seus filhos. Agora, o problema é quando o cuidado exclui os limites, quando o proteger, torna-se superproteger. Para evitar que as crianças cresçam mimadas e com consequências negativas na vida adulta, a educação dada pela família é fundamental neste processo.

Mas o que significa mimar os filhos? Significa melindrar eles, ou seja, é como se os pais colocassem uma redoma de vidro nas crianças, uma proteção excessiva, sem necessidade. Muito pior do que isso são as consequências que podem trazer ainda na infância e perdurar na vida adulta. Pela correria do dia a dia, os pais não percebem, muito menos calculam o tamanho do problema que é mimar os filhos. Agora, de onde vem tanta necessidade de mimar as crianças?

De forma simples, vou fazer uma analogia para poder entender quais são os resultados que os mimos dão: pense que você pai e mãe, compraram uma flor e sobre ela, vão colocar uma capa preta, para proteger do frio, do calor, da chuva excessiva, do sol excessivo, das formigas e tudo o que ainda nem podem prever, imagem o que pode acontecer com essa flor? A flor precisa de sol para se desenvolver e precisa do vento para que o balançar de seus galhos a torne mais forte, se a flor não tiver tudo isso, consequentemente ela não vai mais florescer, assim são os pais quando mimam os filhos.

O mesmo processo de superproteção com a flor acontece com os filhos, tudo aquilo que os pais pensam que pode causar um problema para o seu filho. Mas isso, não passa de uma ideia que não é real, e acaba colocando essa ‘capa preta’ sobre a flor, ou o manto de proteção sobre os filhos. Quando os filhos são muito mimados (com excesso de proteção), começam a surgir ou nascer comportamentos que depois são difíceis de controlar e os pais – tardiamente- perguntam-se: “como isso foi acontecer?” Tudo tem um porque, mas difícil é corrigir os estragos que a falta de sol trouxe a planta porque ela foi habituada a sobreviver assim.

Portanto, é importante que os pais saibam das consequências, muitas vezes desastrosas que a sua superproteção pode trazer aos seus filhos. Lembrem-se que nem sempre o que é bom para você é bom para seu filho, e nem tudo o que os filhos querem é o que eles precisam. Educar é um ato de amor e que para crescer com força de caráter é preciso saber superar certos sacrifícios.

Por Dra Estela Giordani

Se você se interessou nesta temática e quer saber mais sobre educar os filhos com amor, acompanhe meus canais na internet e seja ainda mais feliz com a sua família.

Site:  www.comoeducarmeufilho.com

Facebook e Youtube: Dra. Estela Giordani

Confira também

Tática para envelhecer com saúde

Envelhecer é um processo natural e inevitável cujos sinais iniciam a partir dos 30 anos. …

Você sabe como armazenar o leite materno?

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde recomendam o aleitamento materno …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *