Google+
sábado , 19 agosto 2017

Pet Lovers: Um Amor Que Começa na Infância

pet_loversNão é novidade, que concomitante às discussões que envolvem as questões ambientais, possamos observar o crescimento de apaixonados por animais, de lojas de pet shop e inúmeros utensílios para tornar mais glamorosa a “existência” dos bichinhos.

Para os Pets Lovers, os animais são fonte de vida, carinho e amor. E assim, em uma relação retroativa homens e animais vivem longas relações de produção de afeto: os “Pets” nos fazem bem e nós também fazemos bem a eles.

Assim, nesta ideia de que os bichinhos fazem bem a nossa saúde física e emocional, podemos pensar de que formas ter um filho Pet Lovers pode ser importante para o desenvolvimento infantil saudável. Na busca de um novo vínculo afetivo, as crianças convivem com eles enfrentando medos e dificuldades, melhorando a sensibilização e autoestima. Além de sentirem-se mobilizadas, pela responsabilidade como cuidados básicos: comer, passear, brincar e dar banho.

Estudos na área de psicologia experimental mostram que crianças que convivem com animais conseguem melhores êxitos na socialização. Isso porque a afetividade e os cuidados com outro ser são desenvolvidos na relação com os Pets. Ainda há uma linha de tratamento chamada de Pet Terapia que demonstra ótimos resultados em crianças com Síndrome de Down ou com problemas neurológicos – a equoterapia (terapia com cavalos) já vem demonstrando ótimos resultados no uso de animais em terapias para crianças – agora cachorros, gatos e vários outros animais estão incluídos nas novas possibilidades.

 A idade ideal para introduzir um Pet na infância é a partir dos 4 anos e deve sempre ser supervisionada pelos adultos, além de também estimulada por eles. O convívio com animais exercita nos pequenos a curiosidade e atenção, além de ser elementar no desenvolvimento do sistema imunológico, pois passam a ter menos gripes e alergias – embora os pais achem que não.

O desejo de ter um Pet pode partir dos pequenos ou ser estimulado pela família. É muito importante adotar animais em risco, ensinar valores aos filhos. Enfeitar o Pet faz bem, mas sem gastos exagerados. Amar os animais e amar a vida. Os animais são facilitadores de laços afetivos e da relação da criança com o mundo. Ter um é também dar sentido ao amor como afeto amplo a ser trabalhado nas crianças.

Mariana Prola Farias
Psicóloga Clínica- Especialização em Clínica Infantil

Confira também

JUDÔ CRUZ ALTA

Cruz-altenses trazem ótimos resultados da Supercopa Canoas de Judô

Aconteceu no ultimo sábado (15), a Supercopa Canoas no Centro Olímpico Municipal da cidade de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *