Google+
quinta-feira , 21 setembro 2017

Obesidade – a doença do século

Não é feio ser gordinho, feio é não ser saudável.

slim_belly_and_measure_tape_187102Se durante a escola aprendemos em literatura que no século dezoito a depressão foi o mal do século, hoje três séculos depois, vemos que a obesidade é o mal da vez. A obesidade é uma doença crônica que se caracteriza pelo excesso de peso.

Sabe-se que boa parte da população é um pouco acima de seu peso ideal o pode gerar séria doenças cardíacas ou de outra patologia, mas para os obesos ou obesos mórbidos o perigo se multiplica. Os cuidados, além da estética e outras questões como autoestima, se estendem a área da saúde. O problema leva a outras sérias doenças e que podem causar a morte.

Devido a errados hábitos dos pais, cerca de 5% das crianças no Brasil são obesas e 15% delas sofrem de sobre peso. O incentivo do consumo de alimentos saudáveis é de extrema importância. A substituição de guloseimas por frutas, de refrigerantes por sucos naturais, são pequenos atos que podem salvar a vida dessas crianças e dos adultos que adotam essas medidas diariamente.

Podemos dizer que a obesidade clinicamente grave, chamada de obesidade mórbida, correlaciona-se com um índice de massa corporal (IMC) de 40 ou mais. Este valor é encontrado através de um cálculo simples, onde deve-se verificar o valor do peso, e se este está de acordo com a altura e a partir daí, observando em qual nível de obesidade a pessoa se encontra.

tabela_imcO IMC (Índice de Massa Corpórea) é reconhecido pela OMS como a principal referência para classificação das diferentes faixas de peso. Mas, atenção: não deve ser o único parâmetro para definir os riscos relacionados à obesidade. Outros fatores, como circunferência abdominal e taxa de colesterol, também são muito importantes. Procure orientação médica para saber a melhor forma de se manter no peso ideal. O cálculo toma por base a fórmula: pesa / altura².

Em entrevista com o Dr. Élvio Pereira, para a Vitalité, ele afirma que a cirurgia é o único método que tem comprovado sua utilidade, em longo prazo, quando o assunto é obesidade. E que ao decidir por essa opção de tratamento, o paciente precisa do acompanhamento de uma equipe interdisciplinar. Saiba mais sobre a opinião do especialista na Vitalité online.

Confira também

cistite incontinencia urinaria

Incontinência urinária! O que é? Como tratar?

“A incontinência urinária é qualquer perda involuntária de urina” (International Continence Society). Trata-se de uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *