Google+
sábado , 21 outubro 2017

Um erro que você deve evitar quando seu filho adoece

Dra. Estela Giordani

            É comum quando gostamos de uma pessoa, não querer vê-la doente, especialmente se for o seu filho! Mas quando os filhos adoecem, parece que a nossa preocupação aumenta muito mais.

Às vezes eu percebo que alguns pais, quando seu filho adoece ficam muito preocupados e possuem o desejo que ele melhore rapidamente. Por isso, muitas vezes, quando o filho adoece, os pais acabam dando para ele inúmeras recompensas. Por exemplo, podem assistir mais televisão, podem faltar aula e não se preocupar com os temas, ganham as comidas preferidas e assim por diante. Tudo isso pelo simples fato dele estar “doentinho”. Mas, será mesmo que estamos agindo corretamente com o nosso filho?

Eu tomo a liberdade de fazer um alerta: devemos ter muito cuidado! Porque toda recompensa que damos para nosso filho, ele vai entender que está sendo recompensado e vai se sentir gratificado. Vai se perceber que tem mais vantagens quando fica doente do que quando está bem. Consequentemente, vai perceber que a mamãe e o papai quando ele fica doente lhe dão coisas que normalmente não ganha, porque quando ela fica doente tem muitas regalias. O filho então começa a pensar “se eu ficar doente, eu posso assistir mais televisão, posso pedir o que eu quero que meus pais vão me dar, e quanto mais doente ficar, mais recompensas eu vou ganhar”. E, eis que a criança faz este jogo, pois percebe que até presente ganha quando está doente.

Então, os pais e mães tem este hábito de mimar muito seus filhos, dando-lhes presentes e recompensas quando adoecem. A doença é uma situação passageira que todo ser humano enfrentar em algum momento da sua vida. Os pais devem auxiliar os filhos a se recuperarem o mais breve possível e sobretudo, não querer adoecer mais. Por isso, quando os filhos ficam doentes nós devemos dar absolutamente todo o cuidado que precisa. Porém, nós devemos cuidar muito para não gratificar a criança por estar doente, pelo contrário, devemos usar o seguinte discurso: “Vamos ficar bom logo, para poder jogar futebol com os seus colegas, para poder brincar com suas amigas, para você poder ir para a escola e não ficar atrasando seus temas.”

Qual é a importância desse discurso para o seu filho? Os pais precisam fazer exatamente o jogo contrário do que habitualmente fazem. Fazer com que o filho entenda que ficar doente não é bom e que ela precisa melhorar logo. Com estas atitudes dos pais o filho vai começar a perceber que, dentro dele pode ter outra atitude, de não querer ficar mais doente porque não é bom. Assim, a criança vai contribuir com a sua força interior para o seu organismo voltar a estar saudável, vai tomar todos os cuidados, e tudo isso vai fazer com que ela fique bem logo para ele voltar a fazer tudo o que gosta.

Portanto, não deixe de conversar e explicar os fatos como eles realmente são, não tenha medo, nem sinta-se culpado devido ao seu filho ter adoecido. Seu papel de adulto é proteger e dar os cuidados que ela precisa, mas sem jamais incentivá-lo a gostar de ficar doente!

Quer saber mais sobre esse tema? Acesse meus canais e fique por dentro desta e outras temáticas.

https://www.facebook.com/draestelagiordani/?fref=ts

http://www.comoeducarmeufilho.com/

https://www.youtube.com/channel/UCWA3AiykDKc0-uQdjn9FRCA

 

 

 

Confira também

10 dicas para prevenir a alergia na primavera

Conhecida como a estação mais bela do ano, a primavera chega para alegrar nossas vidas …

9 dúvidas que você precisa tirar sobre o câncer de mama

– No Brasil todos os dias são descobertos 156 novos casos- O Outubro Rosa é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *