Google+
quarta-feira, julho 18, 2018
Close-up of tired young woman rubbing nose

Tudo que você precisa saber sobre: Rinite e Sinusite

 

Basta a temperatura baixar para a obstrução nasal, irritação e coriza começarem a aparecer. A maioria desses incômodos se relaciona com quadros de rinites e sinusites. Tecnicamente chamado de rinossinusite, o incômodo nasal que envolve o nariz e os seios da face pode ter diversas causas, entre elas alergias, bactérias e vírus.

 

 

Dra Carolina Fischer Becker – Otorrinopediatra

 

“Em caso de quadro alérgico, os principais sintomas são espirros, coceira no nariz e olhos, secreção nasal transparente e congestão nasal. Quando a origem é bacteriana ou viral, os sintomas são mais intensos, podendo o paciente apresentar secreção mais espessa, rouquidão, tosse e dores de cabeça, por se tratar de um quadro infeccioso” – Dra Carolina.

 

 

No entanto, a Dra adianta que nem todos os casos correspondem a um quadro viral, alérgico ou bacteriano, podendo também ser um simples incômodo do corpo com a mudança do clima. Por isso Dr. Eduardo Homrich Granzotto – especialista em otorrino adulto e infantil também da Clínica Face Mais, explica que as rinossinusites correspondem a vírus, dispensando o uso de antibióticos, que são indicados somente para caso de bactérias.

Dr. Eduardo Homrich Granzotto – Especialista em otorrino adulto e infantil

 

 

“É essencial observar os sintomas e procurar amenizá-los através de descongestionantes sistêmicos, soro fisiológico e antialérgicos e, em caso de persistência por mais de cinco dias, deve-se procurar um profissional, visto que uma simples rinite, se persistir, pode evoluir a um mau funcionamento dos mecanismos de limpeza dos seios da face e levar a uma sinusite infecciosa, bem como uma sinusite viral pode se transformar em um quadro bacteriano”, – Dr. Eduardo.

 

 

ATENÇÃO COM AS CRIANÇAS

Os pais devem ter atenção redobrada com as crianças, para evitar a evolução da doença, e também cuidado extra com a prevenção. O quadro alérgico não tem cura, mas pode ser controlado, assim como toda e qualquer alergia, já o bacteriano e viral possuem cura.

COMO PREVENIR

A prevenção da rinossinusite se dá através do tratamento das doenças de base, como as rinites alérgicas, que tendem a apresentar sintomas no outono devido à diminuição da temperatura e nascimento de gramíneas, e na primavera, com a polinização das flores.

*Manter uma dieta saudável e exercícios físicos, bem como outras maneiras de manter-se saudável e com uma boa imunidade, é essencial para a prevenção de incômodos nasais, tanto para adultos, quanto para crianças.

*Outro fator que deve ser observado é a higiene – lavar constantemente as mãos e usar álcool gel ajuda a prevenir esses males, arejar o guarda-roupas de inverno e higienizar com água quente casacos espessos que estavam guardados por meses e acumularam pó e ácaro.

*Limpar frequentemente a poeira doméstica e evitar objetos que acumulem pó: cortinas, tapetes, estantes com livros, ursinhos de pelúcia, em especial no quarto, já que lá permanecemos por volta de oito horas diárias.

Confira também

1º biquíni menstrual chega ao Brasil ainda este mês

O biquíni e o maiô menstrual são uma nova alternativa frente aos absorventes tradicionais, e …

Quebrando o tabu: cirurgia íntima, fazer ou não?

Vamos falar sobre estética íntima? Para começar: você precisa estar de bem com a sua …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.