Google+
sexta-feira , 24 novembro 2017
O verde estimula o equilíbrio e a evolução mental e física

Por que vale a pena malhar ao ar livre

O verde estimula o equilíbrio e a evolução mental e físicaTudo bem que colocar o pé na rua para caminhar, correr, alongar ou qualquer que seja sua atividade preferida é mais fácil e estimulante quando está calor lá fora. Mas se exercitar outdoor é sempre uma ótima ideia, mesmo com a temperatura em queda em boa parte do país. É só sair de casa para entrar no pique – sabia que 20 minutos em contato com a natureza garantem disposição para o dia inteiro? Conheça outros benefícios de esquecer o medo do frio e se animar para mexer o corpo ao ar livre.

1. Você aprende a controlar a fome
Regular sono e melhorar a disposição também, já que a luz natural é fundamental para ajustar nosso relógio biológico, que determina o ritmo em que o organismo funciona.

2. Vai ficar querendo mais
A chance de persistir na caminhada ao ar livre é 23% maior do que na esteira, como mostrou um estudo da Universidade do Estado de Ohio, nos Estados Unidos, que comparou o mesmo grupo de jovens andando em ambiente fechado e ao ar livre.

3. Blinda o corpo contra lesão
Tomar 15 minutos de sol por dia é suficiente para estimular o organismo a fabricar vitamina D, nutriente essencial para construir ossos e músculos fortes e que é difícil obter pela alimentação.

4. Tira o stress de letra
O verde é uma cor calmante, que estimula o equilíbrio e a evolução mental e física. Um trabalho publicado no periódico americano Environmental Science & Technology mostrou que ciclistas que pedalaram com uma paisagem verde ao fundo avaliaram o exercício como mais fácil do que quem treinou em uma sala comum. O cenário também é propício para resolver dúvidas e problemas.

Confira também

A robótica e o aprendizado infantil

Robótica, a ciência encarregada de planejar robôs, está presente em vários âmbitos da nossa vida, …

DICAS PAIS E FILHOS: Como seu filho te vê?

Dra. Estela Giordani Como seu filho percebe que é amado por você e pelas pessoas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *