Google+
sexta-feira , 20 outubro 2017
Setembro, o mês de prevenção contra o suicídio.

Setembro Amarelo, o mês de prevenção contra o suicídio

Desde 2014 durante o mês de setembro, vários monumentos em várias cidades do país são iluminados com a cor amarela. Isso acontece em forma de divulgação ao Setembro Amarelo, uma campanha de conscientização que visa alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção.

O suicídio é um problema de saúde pública que não é discutido por ser tratado como um tabu pela sociedade e por isso o número de vítimas vem aumentando. Os números oficiais trazem uma realidade de 32 brasileiros mortos por dia, uma taxa maior do que a da AIDS e da maioria dos tipos de câncer, por exemplo. Segundo a OMS, a cada concretização do ato, houve 20 tentativas frustradas, mas 9 em cada 10 casos de morte podem ser prevenidos com ajuda e atenção de quem está por perto.

A falta de se tratar desse assunto faz com que a pessoa que está passando por um momento ruim não saiba que possa ser ajudada. Ao mesmo tempo, o parente ou a pessoa próxima não sabe identificar os sinais de uma situação de risco, e se sabe não entende como ajudar. Por isso é tão necessário falar sobre assunto e trazer presente que essa é uma realidade que pode atingir a qualquer pessoa, em qualquer família, em qualquer ambiente.

Segundo o Coletivo Ubuntu, coletivo que está promovendo ações em Cruz Alta em função do Setembro Amarelo, a compreensão é a chave para iniciar a melhora de uma pessoa com depressão. Esta é uma doença que afeta a família por um todo, e a quanto mais a família conhecer o assunto sem julgar, melhor será o tratamento e maior a chance de prevenção. Existem muitos grupos de apoio que auxiliam no tratamento do paciente, e explicam para a família as melhores formas de apoio. Em Cruz Alta, o CAPS atende diversos casos de doenças psicológicas, com grupos de apoio e diversos profissionais da saúde para auxiliar todos. Mas antes de tudo o principal está em ouvir. Saber ouvir o familiar que mudou de comportamento, para que assim possa haver o tratamento.

O Coletivo Ubuntu está promovendo uma palestra sobre crises psicológicas e suas influências ao suicídio como atividade da campanha do Setembro Amarelo, para que um maior número de pessoas conheça sobre o assunto. O objetivo é quebrar tabus que ainda existem em nossa sociedade e espalhar uma mensagem de ajuda e conforto para quem precisa e para conscientizar todos que um dia possam passar por essa situação.

Confira também

10 dicas para prevenir a alergia na primavera

Conhecida como a estação mais bela do ano, a primavera chega para alegrar nossas vidas …

9 dúvidas que você precisa tirar sobre o câncer de mama

– No Brasil todos os dias são descobertos 156 novos casos- O Outubro Rosa é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *