Google+
quarta-feira , 26 julho 2017
Cruz Alta recebeu edição do "Roteiros da Saúde" - União dos prestadores é reforçada como caminho para enfrentar as dificuldades

Cruz Alta recebeu edição do “Roteiros da Saúde”

Cruz Alta recebeu edição do "Roteiros da Saúde" - União dos prestadores é reforçada como caminho para enfrentar as dificuldadesUnião dos prestadores é reforçada como caminho para enfrentar as dificuldades. A cidade de Cruz Alta recebeu no dia 25 a VI edição do evento itinerante “Roteiros da Saúde”, que se encontra em seu segundo ano de existência. Em parceria com o Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde da Região Serrana, a Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do Rio Grande do Sul (Fehosul) levou conhecimento atualizado e relevante aos mais de 30 dirigentes da região. Além de Cruz Alta, compareceram representantes de hospitais, clínicas, laboratórios e outros estabelecimentos da saúde de cidades como Panambi, Condor, Catuípe, Ijuí, Santo Ângelo e Júlio de Castilhos.

O administrador Fernando Scarpellini Pedroso, presidente do sindicato patronal da região, ressaltou na abertura do encontro a importância da realização de eventos como o “Roteiros da Saúde”, ocorrido pela primeira vez na cidade. Pedroso lembrou que a Fehosul e seus sindicatos estão trabalhando constantemente para oferecer serviços e representação qualificada junto às esferas jurídicas e governamentais para os seus representados, citando ainda os diversos eventos de aperfeiçoamento, totalmente gratuitos para os associados, desenvolvidos para os colaboradores das instituições.

O diretor executivo da Fehosul, médico Flávio Borges, destacou novidades do mercado da saúde suplementar. Segundo o executivo, os gestores devem adaptar a sua forma de trabalho para lidar da melhor forma possível com as novidades da nova Lei 13003/14, regulamentada pela ANS, que trata sobre a obrigatoriedade da celebração de contratos entre prestadores e operadoras de planos de saúde. A Fehosul desenvolveu um Manual de Perguntas e Respostas da Lei 13003/14, que pode ser baixado em (http://setorsaude.com.br/dicas/manual-perguntas-e-respostas-lei-13-0032014/).

Flávio Borges apresentou ainda ações de representatividade da Fehosul junto ao Ipergs, e resumiu os avanços conquistados nos últimos anos, além de demandas que seguem em pauta, dentre elas o reajuste imediato das tabelas remuneratórias do Ipe-Saúde. A Fehosul vem mantendo reuniões técnicas com a diretoria médica do Ipergs, para tratar da implantação da CBHPM (em vigor desde 1º de junho). Estão sendo analisadas codificações e valores da referida tabela, em diversas áreas como de imagem, patologia, hematologia, medicina nuclear e análises clínicas (veja as matérias destas reuniões em http://www.fehosul.org.br/ , na seção notícias).

Cenário da Saúde
“Somente seremos ouvidos e teremos a conquista de nossas reivindicações se tivermos uma união efetiva. Cada região do Estado possui situações e condições próprias, e consequentemente, demandas mais ou menos urgentes. Nossa presença aqui é para apresentar o que estamos fazendo e como podemos interceder para melhorar as condições dos prestadores em todo o Estado”, definiu Flávio Borges.

Segundo o executivo, Tabela SUS, Ipergs e operadoras possuem peculiaridades distintas na forma de remuneração. “Temos que propor novas formas de remuneração, novas ideias. O caminho defendido pela Federação dos Hospitais e de seus sindicatos filiados é o de cooperação entre os prestadores. Mesmo que estes sejam concorrentes, nada impede que trabalhem juntos para construir e defender uma condição mais justa de trabalho” destacou. “Se nada fizermos, veremos hospitais, clínicas e laboratórios fechando suas atividades em uma sequência nunca antes vista”, alertou.

Shirlei Gazave, Gerente de Relacionamento da Fehosul, e José Pedro Pedrassani, Assessor Jurídico da entidade completaram as exposições, mostrando as atividades da entidade e novidades no campo jurídico. Pedrassani abordou assuntos que impactam o setor dos prestadores de saúde, discutidos em encontros com o Conselho Jurídico da Confederação Nacional de Saúde (CNS), que ocorre uma vez por mês, em Brasília. Shirlei e Pedrassani falaram ainda sobre aspectos relacionados às negociações coletivas com os sindicatos profissionais, novas regras para o seguro-desemprego e terceirização.

Ao final da atividade, a equipe da Fehosul ficou à disposição dos convidados, respondendo perguntas e solucionando dúvidas.

As instituições presentes foram: Nuclear Diagnósticos Médicos, Laboratório de Análises Clínicas Bisso, Clínica Médica de Bem, Hospital Bernardina Salles de Barros, Centro de Oncologia e Hematologia, Hospital São Vicente de Paulo, Laboratório Oswaldo Cruz, Hospital Santa Lucia, Clinica Equilibrium, Hemovita Análises Clínicas, Clinica de Oncologia Cruz Alta, Clinimagem, Hospital Beneficente de Condor, Fisiocar – Serviços de Fisioterapia, Clinica Ventura, Clinica Renal (Cruz Alta), Anestesiologia (Cruz Alta), Centro Clínico Cruz Alta, Laboratório Multianalise, Imecom, Clinica de Fraturas, Centro de Oncologia e Hematologia, Esatta Laboratório e Rubert keller Fisioterapia.

Fonte: http://setorsaude.com.br/cruz-alta-recebeu-edicao-do-roteiros-da-saude/

Confira também

criolipolise

O que é criolipólise? Como funciona?

A criolipólise é um tratamento que vem sendo muito procurado quando se fala em gordura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *