Google+
segunda-feira , 24 julho 2017

Pesquisa Vigitel 2014 – Brasil

1vigitel_abr15Você sabia que a região sul é a que mais consome frutas e hortaliças no país?

Florianópolis, com 35%, é a cidade com o melhor índice em todo país. Seguida de Curitiba (30%) e Porto Alegre (29%)

O consumo de refrigerantes caiu 20% nos últimos 6 anos!
A pesquisa apontou também que o brasileiro tem diminuído a ingestão de refrigerante. No entanto, mais de 20,8% da população faz uso de refrigerantes cinco vezes ou mais na semana. O Sul lidera a primeira posição das capitais que mais tomam o produto: Porto Alegre (29%). Já Curitiba (26%), também tem alto consumo, enquanto Florianópolis tem o menor índice da região, 17,4%.

E o feijão nosso de cada dia, como vai?
O consumo regular de feijão em cinco ou mais dias na semana é de 66%. No Sul, todas das cidades estão com índice inferior ao do país.  Neste item, o maior percentual foi em Curitiba (51,4%). Já Porto Alegre, tem 49,5% e Florianópolis 38,8%.

[useful_banner_manager_banner_rotation banners=9,10 interval=5 width=600 height=90]

Nossa alimentação ainda vai mal!
A Vigitel 2014 revela que apenas 24,1% da população do país consome a quantidade de frutas e hortaliças ideal para prevenir doenças estipulada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Essa quantidade, determina a OMS, é algo em torno de 400 gramas de frutas e verduras diariamente, em cinco ou mais dias da semana. As mulheres são as que mais consomem esses itens, com 28,3% do recomendável. Apenas 19,3% dos homens brasileiros costumam comer frutas e verduras habitualmente.

O brasileiro realmente gosta de carne!
Quando o assunto é carne os homens são imbatíveis. Mais de 38% devoram carnes com excesso de gordura, enquanto que as mulheres só comem 21,7%. No total, 29,4% da população brasileira come carne muito gordurosa.

Confira também

criolipolise

O que é criolipólise? Como funciona?

A criolipólise é um tratamento que vem sendo muito procurado quando se fala em gordura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *