Google+
quarta-feira , 23 agosto 2017

Mais conforto e menos tempo

aparelho autoligadoO aparelho ortodôntico autoligado promete corrigir as más oclusões ou os famosos problemas de mordida com um menor número de manutenções, ou seja, ter períodos mais longos entre uma consulta e outra, em média, a cada 45 ou 50 dias, e com resultados aparentes já nos primeiros meses.

Ele é composto por braquetes que não precisam de ligaduras elásticas, as famosas borrachinhas, para manter o fio, ou arco ortodôntico, preso ao aparelho. As peças possuem um dispositivo próprio, geralmente semiautomático, para prender o arco em seu interior. Isso diminui o atrito e permite que os dentes se movimentem mais rápido.

Segundo o dentista Alberfran Cremontti, da Clínica Sorrisul, existem muitas técnicas e diferentes tipos de tratamentos disponíveis. “Atualmente, a busca por conforto, estética e agilidade impulsionou o desenvolvimento de novas tecnologias e sistemas para abreviar o período de tratamento, uma das principais reclamações dos pacientes”, diz.

As vantagens adquiridas com este método prometem agradar principalmente aos adultos que optam pelo uso tardio do aparelho ortodôntico e que buscam um recurso eficiente. “Por conta da agilidade na movimentação dos dentes, o uso dele pode ser diminuído, principalmente em casos mais simples”, acrescenta Alberfran.

Dr. Alberfran Cremontti – CRO/RS 18328 – Clínico Geral – Especialista em Ortodontia

Confira também

Por que homens não têm celulite?

O acúmulo de gordura no corpo atinge tanto mulheres como homens, mas em locais diferentes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *