Google+
terça-feira, Maio 22, 2018

Impetigo: saiba como evitar a infecção que atinge crianças

A doença é altamente contagiosa, caracterizada pela infecção causada por uma bactéria que já está presente na nossa pele, principalmente na mucosa nasal e que se desenvolve a partir de alguns fatores de risco. Entre esses de destacam as feridas de pele e alterações causadas por reações alérgicas ou até mesmo pela picada de mosquito. Os sintomas primários deixam a pele fica danificada e se formam crostas. Já para prevenir é preciso limpar qualquer ferimento da pele evitando que a coceira espalhe as bactérias e cause a contaminação secundária.

A Infectologista Dra Paula Rubin Facco Librelloto explica que geralmente a doença atinge crianças entre 2 e 5 anos, mas pode afetar também os adultos.

“Ao notar as lesões de certa forma ‘leves’ na pele, caso não procuremos ajuda, em torno de 40% dos casos as protuberâncias sumirão em 10 dias. Por outro lado, quando as lesões afetam as extremidades e o rosto, é necessário iniciar o tratamento, com antibiótico via oral ou tratamentos tópicos. Cabe procurar seu médico para instruções”, explica Dra Paula.

A especialista cita que, algumas lesões se tornam bolhosas, com drenagem de secreção purulenta, por isso é preciso fazer avaliação e ver como proceder afinal, cada caso é um caso.

ALERTA: NUNCA se automedique e muito menos interrompa o uso de um medicamento sem consultar seu médico. Somente ele poder dizer qual medicamento, dosagem e duração do tratamento é o mais indicado para você.

 

Confira também

Como tornar o seu filho um adulto independente

Dra. Estela Giordani Os adultos, ao lidar com seus filhos e também com as crianças …

Faça você mesmo: 3 receitas com a cara do outono

O outono é uma delícia! Os dias ficam mais frescos, as noites mais longas e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *