Google+
quarta-feira , 18 outubro 2017
Festas Infantis: Ideias que trabalham o lúdico

Festas Infantis: ideias que trabalham o lúdico

Festas Infantis: Ideias que trabalham o lúdicoCada vez mais se tem observado que as festas infantis têm surpreendido nas estruturas gigantescas e sem limites de criatividade e de gastos financeiros. Ficaram para o passado o bolo de aniversario tradicional, brigadeiros e cachorros quentes e deram espaço para inovações gastronômicas.

Decorações temáticas, casas e buffets especializados no ramo. Tudo certo, afinal os pais querem celebrar o dia do aniversário dos filhos com muita alegria e tudo que acreditam que os filhos merecem. Mas, além disso, as convenções sociais falam sempre pela vontade dos pais e crianças; alguns procuram superar as festas dos amigos e as festas acabam tomando proporções desnecessárias além de gastos extras, não previstos, no orçamento. Pior ainda, é perder o verdadeiro significado da comemoração do aniversário.

O aniversário ensina o conceito de renascer. Festeja-lo é celebrar um novo começo. Não importa como as coisas transcorreram ontem, ou ano passado, temos sempre a capacidade de tentar de novo. É um dia festivo e cheio de expectativas para os pequenos. E claro que é muito importante que os pais sempre celebrem, de alguma forma, mais um ano de vida dos seus filhos. No entanto, a orientação para o planejamento da festa, é envolta de limites e objetivos. As questões lúdicas da festa podem ser pensadas e estruturadas em atividades que proporcionem além da comemoração uma possibilidade de trabalhar o emocional dos convidados e do aniversariante.

Primeiro chamavam de atividades recreativas. Agora, as atividades lúdicas ultrapassam as possibilidades de entretenimento e operam no emocional e aprendizagem das crianças. Por isso, desde a temática da festa as atividades podem ser pensadas em conjunto, para representar algo que de significado na existência dos pequenos. Oficinas de teatro, de desenho, de esporte, de culinária, enfim… Mil ideias.

O local pode ser ao livre, a temática pode envolver temas da sustentabilidade (ambiente, preservação, criação), as comidas e bebidas podem ser mais saudáveis. Inúmeras ideias para trabalhar melhor o significado lúdico da criança com o mundo. E assim, fazer das festinhas espaços de produção subjetiva de forma criativa e inovadora. E principalmente, que a criatividade colabore no bolso dos pais, amenizando os gastos e socializando os filhos de forma mais igualitária.

Mariana Prola Farias
Psicóloga Clínica 15.124

Confira também

9 dúvidas que você precisa tirar sobre o câncer de mama

– No Brasil todos os dias são descobertos 156 novos casos- O Outubro Rosa é …

Cuidado com as músicas que seu filho ouve

                              …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *