Google+
sábado , 16 dezembro 2017

É de bike que eu vou

Paixão por pedalarMuitos desafios a superar. Confira o relato de Moacir Junior Ortiz. Um arquiteto que possui duas empresas, sendo sócio proprietário na Andrade Ortiz  Arquitetos Associados, da Construtora Versato e apaixonado pelo ciclismo.

Junior começou a andar de bicicleta em agosto de 2012 para emagrecer, quando chegou a pesar cerca 110 kg. Hoje com 81 kg, ele conta que com o tempo a rotina de bike virou um meio de melhorar o condicionamento físico e de superar desafios. “A primeira pedalada foi de 24 km e assim até chegar aos 612 km”, enfatiza Junior.

No ano de 2013 ele resolveu se desafiar em provas de longas distâncias. Provas conhecidas como a Audax, completando toda a série e tornando-se um Super Randonnée – ciclista que consegue completar provas de 200, 300, 400 e 600 km no mesmo ano.

“Depois do objetivo cumprido em 2013 comecei a planejar 2014 com foco em competições de velocidade, o mesmo ano não foi de muitas vitórias, mas serviu de experiência para a próxima temporada”, relata o arquiteto esportista.

paixão pelo ciclismo

Em 2015 o foco era estar entre os 5 melhores ciclistas do Estado, disputando diversas provas no RS e uma em Santa Catarina. De todas as provas que participou, cerca de 20, em apenas 3 ficou fora do pódio. Nesse mesmo ano acumulou diversas vitórias como: Vice-Campeão Gaúcho de Contra Relógio, Vice-Campeão Gaúcho de Meio – Fundo e ainda em disputa do Super Campeonato Gaúcho que pode ser Vice-Campeão, pois já existe um campeão antecipado. “Em santa Catarina disputei duas provas ficando em segundo e terceira lugar, lá as provas são extremamente difíceis por ter muitas montanhas,  sendo um atleta pesado a dificuldade é maior, mas consegui um belo resultado”, ressalta.

vit03

Depois do dia 15 de dezembro ele começa o treinamento de base, cerca de oito semanas, visando a temporada 2016 onde é preciso treinar de 10 a 12 horas, cerca de 360 a 400 km por semana. Para o próximo ano as metas são maiores, Junior pretende participar do Campeonato Gaúcho, 200 milhas do Uruguai, Campeonato Brasileiro de Master e o Tour de Santa Catarina Master.

“Essas atividades me fazem realizado, sou apaixonado pelo ciclismo e competições. O esporte traz muitas alegrias, amizades, lições de vida e me ensina a superar. Não é uma tarefa fácil conciliar trabalho, ciclismo e família, mas consigo unir e separar as coisas quando necessário. Como sempre digo: quem quer arruma um jeito”, finaliza.

Confira também

DICA PAIS E FILHOS: Atenção, as crianças absorvem tudo!

Dra. Estela Giordani Uma famosa pedagoga italiana, Maria Montessori, escreveu o livro “Mente Absorvente”, vou falar …

ENXAQUECA nunca mais! Vem aí um remédio específico para combater as crises

Se você sofre de enxaqueca sabe, essas dores são terríveis. Mas calma, vem aí um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *