Google+
terça-feira , 26 setembro 2017
Dieta das proteínas

Dieta das proteínas

Dieta das proteínasQuem não conhece, já ouviu falar e quem nunca ouviu falar, com certeza ainda vai ouvir. É uma dieta embasada em alto consumo de proteínas. Pode-se comer ovos e carnes à vontade. Porém, dietas com consumo de calorias diários acima de 1300 calorias têm poucas chances de dar certo. Proteínas tem a função de sintetizar músculos e possuem baixa quantidade de açucares, atributos que fazem desta dieta uma das vedetes do momento. Mas cuidado! O aumento de ácido úrico e de colesterol são as maiores desvantagens da ingestão excessiva de altos teores de proteínas, pois podem provocar danos ao sistema hepático e gástrico.

DESJEJUM
1- Presunto (de aves ou de porco): 3-4 fatias
2- Queijo (amarelos, sem abuso): 1-2 fatias finas
3- Ovos (de codorna e de galinha): Não há restrição quantitativa.
4- Limonada fraca (1/2 limão), café ou chas descafeinados

ALMOÇO
Carnes brancas à vontade (peixe ou frango), preparada a seu gosto (de preferência grelhados e nunca à milanesa), 2-3 claras de ovos mexidas, alface tomate e de sobremesa gelatina dietética.

JANTAR
Refeição também a base de proteínas, mas com mais liberdade quantitativa no tocante ao consumo de carnes. Verdura sempre em pequenas quantidades.

Obs. Refrigerantes dietéticos sem cafeína e mesmo assim no máximo 3 ao dia; café, só descafeinado; álcool, só destilado; beliscos permitidos entre as refeições: Ovos de codorna, presunto, salaminho italiano, kopa, gelatina, atum em latas, queijos amarelos (sem abusos).

 

Fonte:
http://bemstar.globo.com/

Confira também

criança cuidados pais e filhos bem estar dos filhos

Evite este modo de agir com seu filho

Na convivência com os filhos em muitas situações e sem perceber, a tendência de alguns …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *