Google+
domingo , 20 agosto 2017
diclofenaco dúvidas

Diclofenaco Sódico x Diclofenaco Potássico: qual a diferença?

O Diclofenaco pertence a um grupo de medicamentos chamados antinflamatórios não-esteroidais (AINEs), usados para tratar dor e inflamação.  No entanto, existem diferentes formas farmacêuticas disponíveis no mercado.

Quem nunca ficou na duvida na hora de comprar medicamento para dor de garganta ou nas costas e foi questionado “Diclofenaco sódico ou potássico”?

Provavelmente muitos de nos já passamos por essa situação, pois há um mito de que a diferença entre eles é que um age mais nas vias respiratórias para cima e o outro nas vias respiratórias para baixo ou que um age mais em tecidos “moles” (garganta..) e o sódico mais em tecidos “duros” (articulações..). Mas e aí, qual a diferença? Existe diferença?

Já existe um consenso e muitos estudos sólidos comprovam as semelhanças e diferenças entre ambos, mas ainda paira duvidas a cerca do assunto. Então O Conselho Federal de Farmácia (CRF) respondeu de forma categórica a essa pergunta, citando as principais diferenças entre um e outro: “Em razão das opções de formas farmacêuticas disponíveis, os produtos comercializados podem diferir quanto ao tempo de início e duração da ação, o que interfere na dose e esquema posológico a serem indicados para cada um deles”.

Dessa forma, as diferentes indicações para uso do Diclofenaco, se devem somente à tecnologia farmacêutica – que nada mais é do que a forma de liberação do fármaco- empregada.  Sendo a forma de liberação imediata empregada principalmente como analgésica, pois o comprimido sofre desintegração e dissolução do fármaco no estômago, produzindo início de ação mais rápido e maior pico de concentração plasmática. Já a forma de liberação retardada ou prolongada é empregada, principalmente, em processos inflamatórios e uso prolongado, pois, o comprimido libera o fármaco de forma mais lenta, produzindo ação prolongada e menor pico de concentração plasmática.

Diclofenaco potássico e Diclofenaco sódico não apresentam diferenças farmacodinâmicas (mecanismo de ação) nem farmacocinéticas significantes. Ambos são administrados sob a mesma condição e absorvidos na forma ácida. Ademais, a porção ativa da molécula é o Diclofenaco. Porém, a única diferença (quase mínima) entre os dois é o tempo de início e duração da ação. Apesar de serem sais diferentes (um é sódio e o outro é potássio), possuem a mesma ação no organismo.

Resumidamente, todos os tipos de Diclofenaco, depois de absorvidos pelo organismo, são exatamente a mesma coisa: apenas Diclofenaco. Portanto, a diferença está na velocidade com que cada um deles será absorvido. Assim, quando for questionado sobre qual usar já vai saber exatamente qual o mais indicado para sua necessidade. Vale ressaltar os riscos da automedicação, não deixe de procurar ajuda de um profissional da saúde!

Litiérri Razia Garzon
Farmacêutica, Especialista em Análises Clínicas,
Mestre em Ciências Farmacêuticas.

Confira também

JUDÔ CRUZ ALTA

Cruz-altenses trazem ótimos resultados da Supercopa Canoas de Judô

Aconteceu no ultimo sábado (15), a Supercopa Canoas no Centro Olímpico Municipal da cidade de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *