Google+
terça-feira, agosto 14, 2018

4 dicas para ajudar seu filho na organização da rotina escolar

As férias com os filhos em casa são sempre maravilhosas, apesar de muitas vezes desafiarem nossa criatividade, pois haja atividades para tanta energia. Além disso, a casa não fica organizada, parece que passou um furacão.  Por mais que você limpe, organize e tenta deixar tudo no lugar, não consegue vencer a velocidade e energia das crianças.

Chega uma hora que ter os filhos em casa, nos três turnos – manhã, tarde e noite – se torna cansativo e começamos a fazer a contagem regressiva. Olhamos no calendário para ver que dia é mesmo que iniciam as aulas, quantos dias ainda faltam e não vemos a hora dos filhos retornarem à rotina das aulas.

Mas a volta às aulas traz muitos desafios para as mães e os filhos. Porque acostumar-se novamente sem os filhos, o tempo todo a sua volta, dá aquele aperto no coração. Desapegar-se deles é a parte mais difícil, porque por maior que seja, a barulheira ou bagunça que fazem, tê-los por perto é sempre muito bom.

Além disso, fazer o filho voltar à rotina das aulas é difícil, porque ele, assim como você se acostumou a ficar “mais solto”, pois podia acordar mais tarde, ficar mais tempo assistindo seus filmes ou vídeos, brincar sem ter hora para parar. Mas agora você e ele terão que incorporar novas atitudes.

E, para você que é mãe poder desde o primeiro dia de aula colocar seu filho mais rapidamente no ritmo da agenda escolar, vou te dar algumas dicas:

Primeiro: tire um tempo para organizar com o seu filho, a agenda de atividades diárias dele, fazendo isso para todos os dias da semana. A organização prévia da rotina deve ser “negociada com o seu filho”. Nunca imponha, proponha e nunca o deixe ultrapassar os limites do razoável, mas principalmente, o faça a pensar sobre a sua vida, quanto tempo vai precisar para dar conta de cada atividade.

Lembre-se: seu filho exerce uma profissão, é estudante, e embora frequente a escola por um período, nos outros dois está em casa e deve continuar aperfeiçoando a sua profissão. É claro, que temos que prever intervalos, atividades lúdicas, horas de relaxamento, mas o foco fundamental deve ser o estudo. Não necessariamente do que teve na escola, mas pode iniciar projetos especiais, como por exemplo, se ele gosta de carros, aprender sobre isso. Você deve levar em consideração os interesses e curiosidades das crianças.

Segundo: faça seu filho confeccionar em tamanho visível essa agenda semanal de horários e colocar em um lugar que ele possa sempre ver e ter disponível seus horários.

Terceiro: elabore algumas regras, no máximo dez. Quanto menos regras, melhor. Porque as regras devem servir apenas para criar alguns hábitos e devem ser apenas sobre as atividades essenciais. Por exemplo, a primeira poderia ser “cumprir os horários do calendário semanal” ou ainda “fazer com amor e com primor todas os seus compromissos”, ou seja, uma regra maior, que pode ajudar a cumprir as demais.

Quarto: uma vez elaboradas as regras, você junto com seu filho, deve estabelecer as penalidades para o não cumprimento das mesmas e o grau da gravidade daquele descumprimento. As punições podem ser: leve, média e grave. E, isso também deve ser colocado em um lugar em que seu filho as veja. Faça ele mesmo cumprir com o que ele acordou.

Quer ter acesso a mais conteúdos como este? Acesse meus canais e confira!

https://www.facebook.com/draestelagiordani/?fref=ts

http://materiais.estelamarisgiordani.com.br/listavip?rdst_srcid=759792

https://www.youtube.com/channel/UCWA3AiykDKc0-uQdjn9FRCA

Confira também

Um alerta sobre a desidratação em idosos

Que a água é vital para o organismo humano nós já sabemos. Isso ocorre, entre …

Confira 3 ANTES x DEPOIS inspiradores para emagrecer

UM NOVO CONCEITO DE EMAGRECIMENTO Leu o título e se interessou? Pois é, cada vez …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.