Google+
quinta-feira , 27 julho 2017

Diabetes: saiba diferença entre o tipo 1 e o tipo 2

diabete-tratamentoDia quatorze de novembro, dia mundial do diabetes. E nada melhor do que essa data para lançarmos uma série de matérias que vão ajudar você a entender melhor esta doença.  Que erroneamente é associada ao excesso de ingestão de doces, e na verdade, a doença se manifesta através de outras causas.

O diabetes Mellitus é uma doença onde o aproveitamento dos alimentos que comemos não é feito corretamente. Nosso pâncreas produz um hormônio chamado insulina. Sua função é manter a utilização adequada dos nutrientes que ingerimos, quando isso não ocorre a glicose se acumula no sangue e o excesso é eliminado na urina (urinando mais que o normal). Como reação dessa quantidade de urina, bebe-se muito mais água que o normal para repor a perda de líquido assim como ocorre da pessoa comer de mais, porém sofrer perda de peso.

O diabético tipo 1 é classificado como insulino dependente, ou seja, a regularização dos níveis de açúcar no sangue dessa pessoa são feitos exclusivamente pela ação da insulina. Nesse caso o pâncreas não produz mais nenhuma quantidade do hormônio, então são necessárias aplicações de insulina para o controle das taxas.  Ocorre em pessoas mais jovens por ser congênita e é de início mais rápido. Seu tratamento também depende de uma dieta alimentar planejada para que não seja muito calórica, mas que compense a glicose durante o dia. A prática de exercícios é outro fator importante para o diabético além de seguir as orientações médicas.

Já o diabetes tipo 2 é o insulino independente ou pâncreas preguiçoso. Isso porque o pâncreas funciona e produz alguma insulina, mas que não é aproveitada de maneira adequada. Com isso, o controle da taxa de glicose pode ser feita a partir de remédios via oral. Ocorre principalmente em pessoas com mais de 40 anos, que geralmente foram ou são obesas. Ainda pode ser hereditária. Manifesta-se de forma lenta e, muitas vezes, leva anos para desenvolver.

Não perca nosso próximo texto da série Diabetes sem medo e saiba mais sobre o que é e quais os riscos da hipoglicemia e da hiperglicemia.

Confira também

método pronokal

Método PronoKal – Rigor e ciência para a perda de peso

Com a chegada do calor, a preocupação com o excesso de peso volta com tudo. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *