Google+
sábado , 22 julho 2017

De olho nos vilões do verão

viloesChegou a estação mais aguardada do ano, o verão. A praia, o sol, protetor solar, sucos refrescantes, frutas e água fresquinha também estão em alta. Todas aquelas dicas de cuidados com a saúde durante o verão também estão valendo. Beba muita água, consuma frutas e legumes variados, faça refeições leves, prefira consumir alimentos de fácil digestão, ricos em fibras, vitaminas e sais minerais.

É durante o verão que todos os cuidados devem ser  redobrados, pois altas temperaturas requerem, além de uma alimentação adequada e saudável, cuidados com as terríveis DVAs (doenças veiculadas por alimentos). Intoxicações alimentares e outras infecções são causadas pela ingestão de alimentos e água contaminados. Causam normalmente diarreias, desidratação, dores abdominais, vômitos e outros problemas que, por vezes, levam até às internações hospitalares. Para não perder tempo de curtir tudo que o verão tem de bom e não ser pego de surpresa basta ter cautela e ficar atento, principalmente com as crianças e idosos que são mais facilmente acometidos. Hábitos inadequados de higiene contaminam os alimentos, então verifique os cuidados tomados pelos manipuladores e do local onde estão sendo preparados antes de consumir qualquer alimento fora de casa.

Dentro de casa os cuidados permanecem. Todo o alimento requer uma temperatura segura para que os microrganismos não se proliferem, e o hábito de deixar os alimentos preparados e suas sobras fora da geladeira, em temperatura ambiente é outro problema importante nessa época de calor. Temperaturas entre 30ºC e 40ºC ajudam a aumentar a proliferação de bactérias.

Não armazene alimentos crus junto aos cozidos para evitar a contaminação cruzada. Lembre-se que o cozimento elimina microrganismos existentes, desde que atinja a temperatura ideal para aquele alimento. Higienize corretamente os  alimentos consumidos crus, especialmente as frutas que serão consumidas com casca. Conhecer a procedência da água e do alimento que consome, é muito importante, procure sempre fontes seguras. Assim, não terá recordações desagradáveis do seu verão e sem dúvida prevenir é mesmo o melhor remédio.

Litiérri Razia Garzon – graduada em farmácia, Mestranda em Ciências Farmacêuticas e Toxicológias, Especialização em análises clínicas.

Confira também

criolipolise

O que é criolipólise? Como funciona?

A criolipólise é um tratamento que vem sendo muito procurado quando se fala em gordura …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *