Google+
quarta-feira , 23 agosto 2017
avaliação física

Avaliação Física: Ferramenta fundamental para resultados eficazes no seu treino

O ano finalmente começou! Fim de férias, fim de carnaval, volta às aulas, volta ao trabalho, volta à rotina. E com ela, volta aos treinos também, para quem parou ou, início de um programa de treinamento, para quem não fazia antes. Hora de botar na balança (literalmente ou não) os efeitos dos eventuais deslizes desse período, traçar novos objetivos e planejar como buscar eles.

Hoje vamos esclarecer e aprofundar mais um pouco a importância de uma boa avaliação antes de iniciar um programa de treinamento. E para isso, é com grande prazer que trago a contribuição de um antigo colega de graduação e excelente profissional de Educação Física, meu amigo Renê Nöller, que se dedica profundamente e se destaca profissionalmente no que tange à avaliação e prescrição de treinamento baseado nela.

A importância da Avaliação

Quando vamos a um médico chegamos exigindo o tratamento X ou realizamos uma avaliação detalhada para conforme os resultados definir o tratamento? Fico impressionado com os treinadores pessoais que aceitam o treinamento que o aluno pede. Nem sempre o que o aluno pede é o que ele precisa e para isso devemos sempre começar um treinamento pela avaliação. Antes de qualquer começo o indicado é ler com atenção a recomendação médica (quais cuidados o médico diz que o aluno exige, quais doenças ele têm, quais cirurgias já fez). Após isso o primeiro passo é a ANAMNESE, uma série de perguntas em que o treinador busca adquirir o máximo de informações que conseguir e que acha influenciável no treinamento, por exemplo, como está o sono, se possui acompanhamento de nutricionista, quais exercícios faz e quais já praticou, entre outras. Eu considero essa uma das partes mais básica e ao mesmo tempo fundamental, pois muitas dicas cruciais no treino são dadas nessa parte da avaliação, pois um aluno que passa o dia todo sentado no trabalho deve ter um treinamento diferente de quem passa o dia todo de pé, e assim por diante.

De acordo com o objetivo do aluno, principalmente se for estético, é fundamental uma avaliação da composição corporal para definirmos como estamos. Muitas vezes o aluno não percebe a sua melhora no espelho, mas os números das medidas de dobras cutâneas e circunferências não nos deixam mentir. Acredito que o mais importante, visando o treinamento, é a avaliação das capacidades físicas (força, resistência, mobilidade, estabilidade, coordenação) e dos movimentos. Voltando ao exemplo inicial, imagine seu médico prescrevendo um remédio em uma dose 10.000, será que é muito? Será que é pouco? Só saberemos a partir dos dados obtidos através dos exames e das avaliações. O mesmo ocorre no treinamento de força ou resistência. Sem uma avaliação de resistência e de força, nunca poderemos e nem saberemos treinar resistência ou força.

A avaliação da mobilidade, da estabilidade e da coordenação é essencial para a escolha dos exercícios. Pessoas que têm níveis de mobilidade e estabilidade ruins não podem ter em seus programas de treinamento exercícios como agachamento, a não ser que seja um agachamento adaptado, que busca a melhora da mobilidade e da estabilidade. Da mesma maneira exercícios mais avançados como o agachamento unilateral (pistol squat) ou o levantamento terra unilateral (avião) sem coordenação, mobilidade e estabilidade são praticamente impossíveis de serem realizados. Por fim, para um médico definir o tratamento correto assim como para um treinador o treino correto, devemos realizar as avaliações iniciais completas e para definirmos se o tratamento ou o treinamento é efetivo devemos refazê-las.

Depois dessa excelente explanação sobre a importância da avaliação, acho que deu pra entender, né? Não há mais muito o que eu precise dizer aqui, apenas lembrar algo que falamos sempre: procure sempre profissionais qualificados, pois quando se trata da sua saúde, um bom investimento hoje é uma grande economia amanhã. Gostaria de agradecer muito a colaboração do Renê, e indicar ele para quem estiver na região de Cachoeira do Sul, onde atende no seu próprio Centro de Treinamento Funcional. Bons treinos, e até a próxima. Ah! E a coluna do blog não parou não, só estava de férias também.

Michel Silva – Educador Físico

Confira também

esporte e saúde na água

Esporte até debaixo d’água

Que fazer atividade física faz bem para a saúde todo mundo sabe. Mas cada tipo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *