Google+
sábado , 16 dezembro 2017
drenagem linfatica

A massagem que ajuda a desinchar

Com a chegada do verão, a preocupação em manter o corpo mais bonito é maior. Um dos tratamentos que ajudam a eliminar peso é a drenagem linfática, que é uma técnica de massagem usada para drenar e limpar macromoléculas e resíduos celulares. Ela estimula o sistema linfático a trabalhar em um ritmo mais acelerado, mobilizando a linfa até os gânglios linfáticos. Com isso, são eliminados o excesso de líquido e as toxinas do organismo.

O sistema linfático é uma rede complexa de vasos que movem fluidos através do corpo. Estes fluidos são responsáveis por transportar as toxinas para longe das células saudáveis, além de trazer materiais para as células que estão lutando contra vírus ou infecções.

>>Leia também: Diabetes e atividade física

Apesar do fluido se mover através do sistema linfático, ele não tem o seu próprio mecanismo de bombeamento. A drenagem linfática é um tipo de terapia que serve para ajudar a linfa a fluir mais facilmente e para tornar mais claro os benefícios dessa super massagem, conversamos com a massoterapeuta Sabrina Santos Mello, confira:

  1. Como é feita a massagem linfática? O objetivo básico e primeiro da massagem no edema linfático é drenar o excesso de liquido acumulado nos espaços intersticiais. As manobras de drenagem linfática manual, podem ser feitas tanto numa região não afetada, quanto na região edemaciada. As manobras manuais realizadas na região não edemaciadas facilitam o processo de evacuação, proporcionando uma dilatação dos vasos linfáticos e um aumento do fluxo da linfa. Essas manobras realizadas ao nível da região ganglionar localizada acima do seguimento infiltrado tem por objetivo, descongestionar as vias linfáticas, deixando-as aptas a receber o líquido de edema excedente, que será posteriormente absorvido na região edemaciada, quando da realização das manobras de captação. Por exemplo, num edema linfático que atinja a perna e terço inferior da coxa, inicia-se tratamento descongestionando-se os gânglios inguinais, caso contrário não conseguiríamos nada em relação a redução desse edema. OBS: Edema é um acúmulo de líquido no espaço intersticial.
  1. Ela é indicada para auxiliar na eliminação da celulite? Sim, porque quando pensamos em tratar pessoas com celulite devemos levar em conta todos os possíveis fatores que causam ou pioram o problema, para proporcionar uma abordagem completa sobre hábitos de dieta, exercícios, medicações utilizadas e antecedentes hereditários. Isso nos permitirá uma orientação de tratamento mais precisa, e portanto, mais eficaz. A drenagem linfática aumenta a circulação sanguínea e a oxigenação das células.

Alguns itens que devem ser evitados e adotados:
– Evitar roupas que dificultam a circulação sanguínea
– Evitar muito sal, açúcar, tabaco, especialmente quando estiver usando anticoncepcionais
– Evitar stress
– Evitar alimentos calóricos
– Adotar esportes e exercícios, especialmente os aeróbicos.

  1. Alivia hematomas e inchaços pós-cirurgias plásticas? Sim, além da Drenagem Linfática pós operatória, tem também a pré-operatória, porque promove a retirada de líquidos e toxinas dos espaços intersticiais, preparando o tecido para a intervenção. No pós-operatório a drenagem proporciona uma rápida e satisfatória evolução dos pacientes, promovendo um notável redicionamento do infiltrado líquido, colecionado no espaço intersticial e também no interior das células dos tecidos agredidos pelo ato cirúrgico. A D.L. constitui-se numa verdadeira terapia de doação, técnica e calor humano pelo contato das mãos com a pele. A partir do 21º ou 30º dia após a cirurgia, inicia-se a reconstrução da rede linfática. A drenagem é indicada no combate e prevenção da celulite e gordura localizada. A massagem também é a principal indicação para recuperação de inchaços pós-cirúrgicos, especialmente nas cirurgias plásticas: lipoaspiração, mamoplastia, cirurgia de abdômen e face. Nesses casos a drenagem ajuda o organismo a reagir, eliminando líquidos que causam o inchaço e acelerando a recuperação e também ajuda na reabsorção de hematomas e consequentemente, diminui o risco de infecções secundárias. Além de pré-operatório e pós-operatório é indicada também para gestantes porque combate as toxinas e ativa a circulação, que resulta na diminuição do edema nos membros inferiores e também na sensação de peso e cansaço. Todos esses fatores contribuem para o seu bem estar.

Confira também

DICA PAIS E FILHOS: Atenção, as crianças absorvem tudo!

Dra. Estela Giordani Uma famosa pedagoga italiana, Maria Montessori, escreveu o livro “Mente Absorvente”, vou falar …

ENXAQUECA nunca mais! Vem aí um remédio específico para combater as crises

Se você sofre de enxaqueca sabe, essas dores são terríveis. Mas calma, vem aí um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *