Google+
sábado , 23 setembro 2017
lúpus, sintomas, tratamento, diagnóstico, autoimune

6 fatos sobre o Lúpus

-Conheças as causas, sintomas, o diagnóstico e os tratamentos- 

As redes sociais em peso divulgaram a foto da cantora Selena Gomez, no hospital, ao lado de Francia Rais após o transplante de rim da celebridade. A necessidade do transplante se deu em razão da cantora ter passado por um longo tratamento contra o Lúpus.  A doença costuma acometer principalmente mulheres na fase menstrual entre os 15 e 45 anos, mas também pode afetar homens, crianças e idosos. Conheça 5 fatos sobre a doença.

lúpus, sintomas, tratamento, diagnóstico, autoimune

1.Lúpus é uma doença autoimune

Trata-se de uma doença inflamatória e autoimune, ou seja, é a produção excessiva de anticorpos contra as próprias células do organismo ou contra proteínas existentes no núcleo celular. Há dois tipos principais: o Lúpus Cutâneo, que se restringe à pele, e o Lúpus Eritematoso Sistêmico que também atinge outros órgãos.

2.O que pode desencadear o Lúpus?

Fatores genéticos, hormonais e também ambientais: a exposição ao sol, por exemplo, é um deles. De certa forma a luz ultravioleta pode ativar o Lúpus. Além disso, outros elementos podem servir de pontapé para o aparecimento do problema, como infecções virais e até medicamentos.

3.Os sintomas variam de acordo com a fase da doença

E também variam de acordo com o local onde a inflamação se aloja. Mas é comum que pacientes com Lúpus apresentarem cansaço, desânimo, febre e perda de peso nos períodos em que a doença está ativa. Além disso, são comuns: dor e inchaço nas articulações (principalmente nas mãos); manchas vermelhas na pele, em especial nas maçãs do rosto e que pioram ao tomar sol. Em alguns casos também há dores no peito ou para respirar decorrentes de inflamações nas membranas que recobrem os pulmões e o coração.

4.O Lúpus pode ser detectado em exames laboratoriais

A identificação do Lúpus é baseada em manifestações clínicas, por isso pode ser visto em exames de sangue. Não há um exame que tenha alta especificidade e sensibilidade para o diagnóstico da doença.

5.O Lúpus não tem cura, mas tem tratamento

O controle ao Lúpus é possível não só com medicamentos, mas também com a adoção de certos hábitos. Os pacientes tomam uma substância que previne a doença de entrar em atividade. Já os corticosteróides são indicados para a fase inflamatória aguda do Lúpus.

6.A pessoa com Lúpus precisa de cuidados especiais

Evitar a exposição ao sol é o principal cuidado. Já pacientes que fumam precisam parar imediatamente, assim que diagnosticados com a doença. Fazer exercício, adotar uma dieta rica em cálcio e não consumir alimentos ricos em gordura e açúcar.

Confira também

Você conhece o Cardápio Low-Carb?

O Guia Cardápio Low-Carb é um passo a passo com 4 refeições diárias para promover …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *