Google+
terça-feira, Maio 22, 2018

10 dicas para lidar com a birra das crianças

Ela é típica nas crianças. Assim como nós, os pequenos sentem raiva, frustração, insegurança, medo e tantas outras emoções, porém elas não entendem o que estão sentindo. Por isso, expressam estas sensações na forma de birra. Neste aspecto entra nossa responsabilidade em ensinar aos pequenos sobre o autocontrole.

Clique aqui e entenda porquê as crianças fazem birra.

Veja algumas dicas para “driblar” a birra no dia a dia:

1 – Tenha empatia

Entenda que no momento da birra, a criança está sofrendo. Não ignore essa situação de estresse. Quando deixamos elas chorarem atiradas ao chão, de alguma forma vão se sentir desamparadas.

2 – Trabalhe o sentimento delas

Se seu filho fez birra porque não quer ir embora do parque, identifique o sentimento e explique que mesmo triste e frustrado é preciso ir para casa. Admita que você o entende, isso valida o sentimento da criança e explique que tem hora para tudo.

3 – Converse antes de sair

Converse sobre onde vocês vão, o que irão fazer e, principalmente, o que você espera dela e de seu comportamento durante o passeio. As crianças se comportam melhor quando estão preparadas para as situações.

4 – Nunca diga o que você não vai cumprir

Se você disser que vai sair de um lugar caso seu filho não se comporte, cumpra. Saiba que a falta de consciência é um dos principais motivos que as fazem ter crises de birra.

5 – Não faça perguntas abertas

Essa dica é muito útil, veja: ao invés de perguntar “vamos tomar banho?”, questione “vc quer tomar banho com o pato ou com o barco?”. Ao invés de perguntar “você quer jantar?” pergunte “você prefere comer no prato verde ou no vermelho?”. Viu como é fácil? Desta forma quem está decidindo é você, mas dá à criança a ilusão de escolha.

6 – Avise antes de ir embora

Quando faltar 5 ou 10 minutos para irem embora, avise. Isso demonstra consideração e dá para ela um tempinho para dar tchau aos amiguinhos e assimilar que logo aquele passeio acaba.

7 – Abaixe-se para conversar com as crianças e as escute

É uma demonstração de empatia, com este gesto ela se sente importante. Além disso, ouça o que elas têm a dizer, mesmo que sua resposta seja não, elas precisam aprender argumentar.

8 – Não aceite grosserias e evite plateia

Deixe claro que com grosseria não pode haver conversa. Cuide para não cometer o mesmo erro, trate-a bem, com firmeza, mas educação. Além disso, evite plateia, prefira conversar com ela em um cantinho calmo.

Aprenda o que fazer quando a criança não quer ficar na escola.

9 – Estabeleça normas, não castigos

Essa é simples: Derrubou algo? Limpe. Não fez a lição? Fica sem TV. Brigou? Peça desculpas.

10 – Meritocracia

Assim como na vida adulta, quando pequenos devemos merecer o celular, o brinquedo novo ou a saída ao vizinho. Sem comportamento, sem merecimento.

 

Confira também

Como tornar o seu filho um adulto independente

Dra. Estela Giordani Os adultos, ao lidar com seus filhos e também com as crianças …

Faça você mesmo: 3 receitas com a cara do outono

O outono é uma delícia! Os dias ficam mais frescos, as noites mais longas e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *